Outros
06/07/2019

A Espanha e a arte das tapas e como se alimentar direito na sua viagem

Ir para a Espanha e não participar do ritual de “tapear” é como passar ao lado da torre Eiffel, em Paris, e fechar os olhos.
Faz parte da cultura e da rotina dos espanhóis. No Sul, então, ainda mais.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Essa palavra vem do antigo costume de “tapar” os copos de vinho ou cerveja nas tabernas para evitar a entrada de moscas e mosquitos. Antigamente essa “tapa” era somente uma fatia de pão com um presunto cru. Atualmente, não foi somente o brigadeiro brasileiro que foi “gourmetizado”. As tapas estão cada vez mais diferenciadas e hoje em dia, muitos chefes famosos (a exemplo de Ferrán Adrià) abriram seus próprios bares de tapas, proporcionando uma experiência gastronômica incrível.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Para você entender como funciona, vou te explicar!
Acorde meio tarde, tipo umas 9h00. Saia para tomar um café da manhã simples (ou não). Normalmente uma fatia de pão tostado com tomate, manteiga ou geleia, acompanhado de café (do jeito que você quiser) e suco de laranja. Depois desse momento, saia para passear, fazendo seu roteiro turístico.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Lá pelas 13h30/14h00 sente em qualquer restaurante que você quiser. Não é preciso fazer reserva, a não ser que você esteja em um grupo gigante ou queira ir em um restaurante estrelado Michelin. Quase todos os restaurantes do dia-a-dia, sendo turístico ou não, oferecem o Menú Del Dia, composto por um aperitivo, uma entrada, um prato principal, uma sobremesa, bebida (alcóolica ou não) e, às vezes, café. Isso tudo custa cerca de 10 a 15 euros, dependendo do lugar onde você está. Dá para comer muito bem!
Agora você pode escolher se quer fazer uma siesta (descansinho de umas 2 horas depois do almoço), já que quase todas as lojas fecham das 13/14h até umas 17/18h, ou se quer dar uma passeada para gastar as calorias do almoço.
Bom, lá pelas 19/20h a vida volta totalmente ao normal e você já encontra os bares apinhados de gente bebendo e…. TAPEANDO. Agora você vai mostrar tudo o que aprende aqui no blog e não vai fazer feio!

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.
Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Sente em um bar, lotado ou não e peça uma bebida alcóolica. Todo mundo na mesa tem que pedir algo para beber. Não peça o cardápio, pois o garçom vai achar que você quer comer (na verdade você quer, mas não conte a ele). Quando ele trouxer a bebida, vai trazer também umas tapas e o melhor, não vai te cobrar pela comida.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.
Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Claro que não tem muita opção. O que ele trouxer terá que ser bem-vindo. Se você quiser mais coisas, você pode pedir o cardápio ou mais bebidas.
Alguns bares nem tem cardápio. Você vai no balcão, vai bebendo e eles vão preparando diferentes tipos de tapas. Se parar de beber, param de servir comida também!

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.
Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Então… depois que você encheu a pança de comida e está meio altinho, se sobrar espaço, lá pelas 21h30/22h00 os restaurantes começam a encher. Agora para jantar. Grande parte tem sua cozinha funcionando até umas 23h30/0h00 e alguns se adentram pela madrugada. Agora nada de menu na maior parte deles. Se você estiver na Espanha e pedir o menu no jantar, provavelmente o garçom responderá que não tem e você vai ficar sem entender nada. Peça a carta de comida e de vinho. Lá estarão todas as opções.
Aprendeu? Agora é só praticar!!!

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.


O que você achou desse post? Comenta aí!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *