Bebês
03/07/2019

Como é voar com a AirEuropa com criança e bebê

A primeira pergunta que muitos vão me fazer é: que companhia é essa? Nunca vi…

Divulgação

Pois é, ela existe! É uma companhia bem grande na Espanha e inclusive faz parte da Skyteam (a mesma aliança da AirFrance, KLM e Alitalia). Sim, e voa para o Brasil. Tem vôos diretos para Madrid desde São Paulo e Salvador.
Depois de entender que ela existe, a outra pergunta é: Mas é boa? Será que vou chegar vivo?Por isso, para reponder essas questões, resolvi escrever aqui minha experiência.
Eu tinha todas essas dúvidas e ainda tenho um amigo que toda vez que ele olhava para mim, dizia: tem certeza que você não quer mudar de companhia? Bom, não aceitei a opinião dele e resolvi me arriscar.
A experiência de compra no site foi bem tranquila. Comprei diretamente no site da companhia, pois, na Decolar não me dava a opção de incluir bagagem e o preço era o mesmo (com bagagem na companhia era a mesma coisa que sem na Decolar). Não precisei pensar muito. Ah! E parcela em 10x nos dois lugares.
O único problema no site é que não consegui de maneira nenhuma incluir meu número de fidelidade Flying Blue (KLM) e não tinha interesse em fazer um fidelidade da própria companhia. Mas consegui incluir da minha esposa. Também não reservei lugar, pois custaria quase 10% do preço da passagem para reservar para a tropa toda.
Agora pode ser que surja uma nova pergunta: “tá, mas porque você resolveu comprar dessa companhia que ninguém conhece?”Resposta: ninguém não né… fale por você. E detalhe: será que você também não compraria se achasse um valor 20% menor que das outras? Pode ser que sim, pode ser que não. O fato é que, eu, comprei!
Passagem comprada, agora fui me embrenhar nas críticas de outros blogueiros (sim, foi uma falha ver só depois, mas é que o preço estava tão bom, que resolvi não esperar para comprar – inclusive a decisão de passar as férias na Espanha, muito foi feita pelo preço da passagem). Achei dicas boas (algumas) e ruins (mais que algumas…), como sempre, mas o que mais me tranquilizou é que eles tinham recentemente mudado todos os aviões dos vôos que saem e chegam em SP para o Boeing 787-9 Dreamliner, bem novinho e todo remodelado. Com mais espaço entre as poltronas, entretenimento individual e até cromoterapia na cabine para evitar o jetlag. Enfim, algo tinha que me tranquilizar depois que li todas as críticas medonhas sobre a companhia. Quem me conhece sabe que preciso me convencer de alguma coisa para achar que fiz a escolha certa… hehehe
Passei alguns meses de tensão e ansiedade, lendo mais e mais críticas e, engraçado, não encontrei muitas mais. Achei que ninguém queria voar nessa companhia e, à vezes, dava até razão para o meu amigo dizendo que tinha que mudar. Aí liguei para a companhia para conversar, ver se existia mesmo. Liguei umas quatro ou cinco vezes, perguntando todas as dúvidas do mundo e sempre fui extremamente bem atendido em português (do Brasil) – a central de atendimento fica na Espanha.
Tentei, em uma das ligações, convencer a moça a deixar eu marcar lugar, já que estava com duas crianças e um bebê, mas não consegui tocar o coração da moça… Ela queria me cobrar e eu não estava com vontade de gastar.
Chegou o dia do check-in. Coloquei o despertador para me avisar a hora exata (48 horas antes da partida), mas o dia estava cheio e só consegui fazer 10 horas depois que abriu (imagina como sofri….).
Consegui! Fiz pelo site e ganhei meu lugar, indo contra inúmeras críticas na net que diziam ser impossível fazer o check-in online. Tive dificuldade zero. E ainda liguei para a mocinha para tentar mudar de lugar (ficamos todos juntos, mas meio lá atrás, sabe?). Não consegui de novo. Ela disse que para mudar de lugar, tinha que pagar. Que saco…
Agora o momento mais esperado. Chegamos meio atrasadinhos no aeroporto (1h50 antes do vôo) e não tinha uma alma no terminal 2 de Guarulhos (sim, o 2. É lá mesmo!). Fomos ultra bem atendidos por uma mulher que não parava um segundo de falar (acho que ela estava carente… tenho certeza que a teria convencido de mudar de lugar, mas fomos meio quase os últimos a fazer o check-in e o vôo estava lotado – eu disse que só você não conhecia a AirEuropa). Ah, e a mocinha conseguiu incluir meu fidelidade.
Fila de raio X sem ninguém (terminal 2, né). Portão de embarque bem pertinho e terminal bem mortinho. Nada para comer, além de uma Starbucks e uma outra cafeteria hiper cara (pagamos R$80,00 em dois pedaços de pizza e um pão de batata, acredita?? E estava ruim) – comemos porque tivemos medo da comida do avião – as críticas eram terríveis.
Começou o embarque. Como tínhamos um bebê, passamos na frente de meio mundo e lá fomos para o avião. Tudo bem ok. Bem na porta do avião, queriam (o pessoal do aeroporto) que despachássemos o carrinho, mas ele é bem pequeno. A comissária viu e nos mandou entrar. Mais um ponto para a companhia!
Nosso lugar era no fundão, mas tínhamos travesseiro, cobertor e um espaço bem tranquilo. Os assentos do meio, não pergunte o motivo, têm espaço menor para as pernas. As fileiras são arrumadas na configuração 3 x 3 x 3. Não ganhamos fone de ouvido. Tivemos que comprar 1 por 3 euros dentro do avião. Não tinha levado para todo mundo.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

O bebê 3 ganhou um cinto e um kit de emergência (ele estava no colo). Não ganhou berço, pois tinha uma bebezaiada no avião que tinha feito reserva antes de mim. Para reservar o berço não precisa pagar nada, mas tinha que, obrigatoriamente, reservar lugares para todos os passageiros da reserva (pagando), por isso não topei.
Saímos no horário exato do vôo, até uns minutinhos antes. Mais um ponto para a companhia. Decolamos super bem e fizemos um vôo tranquilíssimo até Madrid. Nem turbulência teve (esse é ponto para São Pedro…).
Depois de umas duas horas de vôo, foi servida a primeira refeição (era 16h00, então não sei bem que refeição era essa). Tinha frango e massa, com pão (que passaram perguntando se alguém queria mais), um bolo de banana, suco, refrigerante, água e bebidas alcóolicas (pode pegar só 1 copo. Se quiser mais um, tem que pagar – ponto negativo – água é de graça o vôo inteiro, desmentindo muitas críticas que li – acho que eles também devem ter lido). No final, passam café e chá. A comida estava bem ruim, mas difícil esperar um banquete no avião. As meninas comeram tudo. Os adultos, nem tanto. Não tinha a opção de comida infantil, muito menos para o bebê 3, que já está comendo, mas a comissária veio me perguntar umas 2 vezes se eu precisava de algo, se eu queria que ela esquentasse alguma coisa…

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.
Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Durante o vôo, os banheiros ficaram bem sujos e era necessário avisar quando acabava o papel. O trocador é minúsculo. Eu não cabia dentro do banheiro com o trocador aberto, Minha esposa conseguiu!
No entretenimento, tem filmes novos e antigos. Tem canal infantil, tem documentários sobre a Espanha, jogos e músicas. Dá para se divertir!
Lá no final do vôo, faltando 2 horas para chegar, foi servido o café da manhã (eram 21h00 no Brasil…). Veio um mini sanduíche de presunto e queijo, suco, refrigerante, água, café e chá. Só isso! Meio passa fome, mas o lanchinho estava bom.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Entendi que a companhia, no quesito comida, aprendeu muito com os americanos e com o novo modo de voar no Brasil… Nada a ver com as outras europeias. Ponto negativo…
Pouso tranquilo, 40 minutos antes do previsto. Tivemos, por conta disso, um atraso no desembarque, então acabamos chegando na mesma hora que iríamos chegar antes, mas tudo bem, isso não é culpa da companhia.
Uma questão importante: o vôo sai de SP às 14h10 e chega em Madrid às 5h00 (o que significa meia-noite em SP), então a diferença de fuso torna-se um pouco sofrível para os adultos e crianças. Demorou um tempinho até todo mundo se acostumar e parar de ter sono e fome em horários estranhos.

Fonte: Viagem, Comes e Bebês.
Fonte: Viagem, Comes e Bebês.

Veredito final: Gostei muito da experiência. O avião é novo, tem tudo que precisa. Os comissários são bem educados. Não espere amenidades, nem banheiros limpos. Vale bem a pena se o preço estiver bom. Se for igual a da Iberia, por exemplo, vá de Iberia! Os aviões também são novos e o serviço é melhor. Além de sair do terminal 3 de Guarulhos e pousar no 4S em Madrid. A AirEuropa pousa no Terminal 1 em Madrid. Pequeno e ruim…
O mais importante de tudo: chegamos bem na Espanha e contentes com economia!


O que você achou desse post? Comenta aí!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *