Doces
11/04/2013

Será que é um Petit Gâteau?…

Domingo passado fiz uma sobremesa em um almoço para amigos e, de verdade, achei fantástica (modéstia à parte)! Há tempos não fazia algo que eu gostasse tanto.
Normalmente quando cozinho para amigos ou familiares aqui em casa, não costumo comer muito, já que – quem cozinha sabe, ou pelo menos deveria saber 🙂 – você prova o que você faz, diversas vezes e, na hora de servir, eu já não tenho mais tanta fome… Mas essa sobremesa… huuummmm! Estava sensacional!!!
Olha ela aí embaixo:

Todo mundo quando vê essa receita ou quando olha para a sobremesa pronta, ao vivo, acha que é um Petit Gâteau, mas ledo engano! Isso é um moelleux fondant ao chocolat noir (??????)
Resolvi então fazer este post esclarecendo o que é isso e de onde veio essa história de Petit Gâteau.
Essa sobremesa, que há muito tempo os brasileiros conhecem, ainda é muito apreciada e, por incrível que pareça, não sai de moda! Você encontra em restaurante chique, em um mais simples, na churrascaria, na padaria, no boteco da esquina e no boteco da moda e até, acreditem: no japonês!
Pois é, pena (ou sorte) que esse tal Petit Gâteau é uma invenção nossa! Se você buscar na Internet, todo mundo tem uma história diferente para contar e muitos também dizem ser autores ou “inventores” desse bolinho de chocolate quente e molinho por dentro.
Não sei se é tudo mentira, mas até agora não achei nenhuma verdade absoluta, por isso aí vai um pouco da história.
Muitas pessoas afirmam que essa sobremesa é francesa, até pelo nome (!), mas não é! Na França, todo mundo conhece petit gâteau, mas ninguém associa com essa sobremesa daqui. Lá se você pedir um petit gâteau, as pessoas vão achar que você está de regime ou que você não está com muita fome… É a mesma coisa que, aqui no Brasil, se você for em alguma doceria ou restaurante, você pedir:
– Me dá um bolinho. Ou um bolo pequeno. Ou, traduzindo sem ser literal: “quero um bolo bem pequenininho, só um pedacinho”, entenderam? (petit = pequeno; gâteau = bolo).
Tudo bem, aí você pensa: que sacanagem! Vou para a França, adoro petit gâteau, e achei que ia comer um bom mesmo, o original quando aterrizasse em Paris… É, não vai! Ou vai?
Vai sim!!! É só saber pedir… Lá na França, todos conhecem esse doce por Gâteau moelleux au chocolat, ou, se você quiser igualzinho o nosso, peça por Moelleux au chocolat cœur chocolat.
Existe um outro doce, bastante semelhante, chamado Fondant au chocolat. Uma delícia também.
Você ainda pode apreciar essa sobremesa em muitos outros lugares do mundo: se você estiver na Argentina, na Espanha, no Chile, peça por Volcano; na Alemanha, muitos conhecem por Weiche Schokolade e, se você for para os EUA, adivinhem: peçam por Petit Gâteau!
Bom, chega de historinha e vamos ao que interessa: posto aqui duas receitas: a primeira de Moelleux fondant au chocolat noir (ou só fondant au chocolat) e a outra de Moelleux au chocolat cœur chocolat. Podem servir com sorvete, calda, até cerejinha vale!
Moelleux fondant au chocolat noir (o que eu fiz domingo)

  • 200g de manteiga integral sem sal (não pode ser margarina, pois deixa gosto…ruim)
  • 5 ovos tipo extra (usei ovo caipira, pois era o que tinha em casa)
  • 250g açúcar refinado
  • 220g de chocolate meio amargo ou amargo (tem que ser chocolate do bom!)
  • 30g de farinha de trigo
  • manteiga e cacau em pó se você quiser desenformar (se bem que eu acho bem mais charmoso escolher uma forma bacana e deixar lá mesmo! – além de ser muito mais fácil)

Modo de Preparo:

  1. Derreta o chocolate com a manteiga em banho-maria.
  2. Retire e adicione o açúcar peneirado.
  3. Adicione os ovos um a um e misture bem (pode ser com um fouet, mas sem bater demais para não incorporar ar – é importante!)
  4. Coloque a farinha peneirada e pronto: é só colocar nas forminhas untadas (polvilhadas com cacau, se quiser desenformar) e assar em forno pré aquecido a 180˚C por 20 minutos. Rende 6 unidades


Moelleux au chocolat cœur chocolat
– Massa:

  • 100g de manteiga integral sem sal (vocês já sabem que não pode ser margarina, né?!)
  • 4 ovos tipo extra
  • 140g chocolate meio amargo ou amargo
  • 60g açúcar refinado
  • 20g de amido de milho (sabe a Maisena?!)
  • 40g de farinha de trigo
  • manteiga e cacau em pó para as forminhas (esse precisa desenformar para dar o efeito que todo mundo acha lindo!!)

– Recheio (cœur chocolat)

  • 50g chocolate meio amargo ou amargo
  • 100g creme de leite fresco (em último caso, até dá para usar o de caixinha, o de lata, nunca!)

Modo de preparo:

  1. Primeiramente faça o recheio – ferva o creme de leite fresco e jogue no chocolate. Abafe por 5 minutos e misture bem até ficar homogêneo. Coloque em forminhas de gelo bem limpas e secas e leve ao congelador por 2 a 3 horas. – se você usar creme de leite UHT (de caixinha), derreta o chocolate em banho-maria, retire do fogo e adicione o creme de leite; coloque nas forminhas também.
  2. Para a massa, faça igualzinho a de cima, ou seja: chocolate e manteiga em banho-maria, açúcar (peneirado), ovos um a um, farinha e amido (peneirados). Faça isso quando seu recheio já estiver pronto.
  3. Unte e polvilhe cacau nas forminhas, coloque um pouco da massa (até 1/3), coloque o recheio (lembre-se de que seu “gelo” precisa encaixar na forminha SEM esbarrar nas laterais – melhor mesmo é deixar pelo menos 0,5cm da borda) e cubra com o restante da massa. Pode encher bem, porque, se você seguiu minhas instruções de não bater demais, não vai crescer muito (aliás, cresce muito pouco – a intenção é que seja um bolo denso).
  4. Leve para assar em forno pré-aquecido a 200˚C por 10 minutos (confie no tempo, dá certo!). Rende 6 unidades também.


Dica MUITO importante: eu sei que você vai querer fazer essa receita e comer tudo na mesma hora, inclusive cru, mas seja paciente! Três motivos:

  1. Se você comer a massa crua, você pode ter Salmonella!!! (tem ovo cru!)
  2. NÃO ligue o forno antes! Além de economizar gás, o tempo que você leva para aquecer o forno DEPOIS que você estiver com tudo pronto, é o tempo necessário para gelar a massa!! Quando tudo estiver pronto, leve as forminhas (cheias) para o congelador e deixe lá por uns 10 a 15 minutos, enquanto o forno aquece. Assim a massa vai demorar um pouco mais para assar, ficando ainda mais molinho!!
  3. As dicas valem para as duas receitas!

Outra dica, não tão importante, mas bem gostosa e valiosa:
Você pode substituir o recheio de chocolate por Nutella (PURA!) e congelar também. Não preciso falar nada!!
Postem as fotos das receitas com a cara dos amigos (ou a sua :-)) se lambuzando!!

0 resposta para “Será que é um Petit Gâteau?…”

  1. Gabi disse:

    Amei o post e as receitas!!

O que você achou desse post? Comenta aí!

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *